Mudaram as estações, nada mudou…

Publicidade

 

foi com esse trecho da música do Legião Urbana que o amigo Alexander Sales fez uma menção no Facebook sobre o reencontro de 6 amigos depois de 22 anos. Nada mais apropriado do que essa frase, uma vez que parece que o tempo não passou depois de todo esse tempo.

Os tempos de escola, as brincadeiras, as zoações e principalmente a cúmplice amizade desses “quarentões”. Tudo isso culminando com a boa pizza do meu amigo de Internet, Mario Filho, no ótimo “Tributo Legião Urbana — Mais pesado que o normal”.

Eu, Luciano, Alex, Marcelo, Cristiano e o Moura, esse último via whatsapp porque teve um compromisso de trabalho na última hora, e foi incrível perceber que apesar de cada um ter traçado seu próprio destino depois da conclusão do 2º grau, a afinidade continua. Uns casaram mais cedo, outros mais tarde; outros se formaram, outros duas vezes; a maioria teve filhos e foi muito legal contar tantos acontecimentos das nossas vidas que não foram compartilhadas por causa da ação do tempo e da distância.

Depois de ontem, percebemos que ainda estamos muito unidos e nos despedimos com essa certeza. Tudo bem, não fizemos a nossa tão desejada partida de futebol que nos uniu ainda mais nos tempos de escola, mas todos sabemos que ainda somos um grande time.

Viva o Zebra! O melhor time e CDFs que já existiu!

 

A pauta é a Letra Escarlate

Homens combatendo o machismo é mais do que uma simples cortesia, é uma questão de respeito, empatia e consciência. É nossa obrigação enquanto seres humanos civilizados.

Tapa

Violência gera violência, mas é preciso entender que há mais de um tipo de violência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.