Votarei no menos pior

"Eu não tenho data para comemorar!"

Esse é um trecho da música “O tempo não para” de Cazuza, e expressa bem o que eu sinto nesse momento!

Muita coisa estranha aconteceu desde o movimento “o gigante acordoo” em julho de 2013:

A ascensão da operação Lava Jato e suas consequências, a prisão do Lula, o não impedimento do Temer, o Impeachment golpe da Dilma em 2016, e claro, o bolsonarismo!

O que vimos desde então foi uma escalada com atos racistas, homofóbicos, negacionistas, misóginos, e as pessoas se sentindo autorizados a cometerem todos os tipos de escrotidões.

Foram quatro anos com o pior presidente eleito de todos os tempos!

Por mais que soubéssemos na época que caso Bolsonaro se tornasse presidente o país ficaria um caos, nada chegou nem perto do que imaginávamos. Com a pandemia da COVID então, tudo catapultou.

Nem competente, nem honesto

Mesmo no seu primeiro ano, eu questionava com amigos se “ele era só um ogro” ou se “ele sabia muito bem o que estava fazendo“. Na época tivemos muito debate sobre isso, e agora passada toda a tragédia da pandemia e a quantidade de situações que deixaram claro o quanto esse governo é incompetente e desonesto, isso ainda me assombra ao tentar entender como deixamos esse abjeto subir ao poder!

Onde nós erramos!?

De uma certa forma, eu mesmo também ajudei isso acontecer ao cair no “canto da sereia” do Partido Novo que repetia constantemente argumentos como “não reeleja ninguém“, “chega de votar no menos pior, vote num político novo“!

O fato é que foi até a fila da minha sessão no dia da votação, e vi um tweet do João Amoedo declarando apoio ao Bolsonaro caso o segundo turno ficasse entre ele e o Haddad. 

Eu mudei o meu voto para o Ciro Gomes naquele momento minutos antes do meu voto!!!

Desde esse dia a expressão “menos pior” ficou ecoando na minha cabeça, e agora, às vésperas da Eleição de 2022, depois de muito refletir eu tomei a mesma decisão que a Marina Silva tomou no dia 12 de setembro. 

Eu votarei no Lula, mesmo contrariado.

Assim como ela, eu também penso que o momento é crítico. O que está em jogo é a existência real da Democracia nos próximos anos. Com Bolsonaro, o caminho é autoritarismo, fascismo, violência, censura e nenhuma liberdade!

É como viver no mundo descrito no livro 1984 de George Orwell.

Voto envergonhado

Esse é uma expressão levantada nos últimos dias com os resultados recentes das pesquisas de opinião e ela caiu como uma luva na minha mão.

Voto no Lula porque acredito que ele seja o menos pior para o momento do país. 

Ciro Gomes, por mais coerente que tenha um discurso econômico e social desenvolvimentista, mostra em cada comentário, em cada atitude que não tem habilidade política para administrar a tragédia que vivemos. Ele joga mais gasolina no fogo, quando deveria buscar a mesma reconciliação em prol do país.

 

Ainda que em 2018 ele tenha voltado da França para votar no Haddad no segundo turno, em 2022 ele sairá menor que em toda a sua trajetória nacional. 

Uma pena!

Já Lula encontrará um país destroçado e todos os olhos dos brasileiros sobre seus atos. Sejam bolsonaristas armados e engajados, ou eleitores envergonhados como eu.

Então, nos dias 2 e 30 de outubro eu votarei 13. 

Votarei no menos pior!

Há muito o que reconstruir, há muito o que reparar.

 

Os critérios dos outros votos

Desde quando a campanha começou eu criei uma lista de candidatos para acompanhar suas pautas e fiz uma lista no Twitter para ver o dia a dia deles.

Para Deputado Estadual eu acompanhei Carlos Minc40000 (PSB)Renata Souza50007 (PSOL) em quem eu já votei em outras edições e Mônica Francisco50888 (PSOL).

Já em Deputado Federal eu segui a Heloisa Helena1818 (REDE)Chico Alencar5050 (PSOL)Tarcísio Motta5000 (PSOL)Thais Ferreira5010 (PSOL), todos já receberam votos meus em eleições anteriores.

Escolhi então duas mulheres para Deputadas e para Senador, Governador e Presidente sempre só houve um candidato para os seus cargos!

Segue então a minha cola!

Para um Jair que já se vai…

Só um artista tão talentoso como Zeca Baleiro tem a capacidade de expressar em palavras tamanha repulsa que eu sinto por broxável Jair Bolsonaro

Escolha de Sofia

Prometi pra mim mesmo que não falaria mais sobre o assunto desde que o 1º turno terminou, mas eu pensei melhor, e com a ajuda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.