Pensamentos sobre a vida, trabalho, saúde, família e tudo mais…

Definitivamente, nós não somos nada!

imagem-destacada-definitivamente-nos-nao-somos-nada

No dia 08 de janeiro eu tive a minha sétima crise de cálculo renal, e por estar temporariamente sem plano de saúde, fiz uma verdadeira maratona de idas e vindas em hospitais públicos para minimizar as dores intensas e claro, conseguir uma operação o mais rápido possível, pois há sempre o risco de rompimento do rim, por conta da obstrução.

Infelizmente, e sem surpresa alguma, a nossa saúde pública está mais sucateada que nunca! Fui duas vezes no Hospital Lourenço Jorge (na Barra da Tijuca), uma vez do Hospital Souza Aguiar (Centro) e por fim, no Hospital do Andaraí.

Nesse último, eu cheguei a ser internado no fim do dia e comecei a dieta zero para operar no dia seguinte pela manhã. Dormi sentado numa cadeira de rodas a madrugada toda e acreditem, o urologista do plantão me deu alta por não ter equipamento para me operar e nem tinha autorização para me transferir para uma unidade que tivesse condições!!!

Um verdadeiro soco no meu rim!

Voltei pra casa decidido a correr atrás de uma opção particular. Fiz um raio-x (A tomografia ficou no Hospital do Andaraí, pois eu só teria acesso ao laudo em 15 dias úteis!) e então comecei a pesquisar na Internet algumas opções.

Encontrei o Hospital CALREN no Recreio dos Bandeirantes. O valor cobrado para a minha cirurgia (Litotripisia a lazer) foi bem mais do que eu imaginava e mesmo compondo valores puxando dinheiro daqui e dalí, eu não conseguia o montante para operar.

Foi aí que comentando no grupo de PRIMOS da minha família a minha saga, eles criaram um grupo secreto e organizaram uma vaquinha para completar o valor. Minha prima Thaís liderou a iniciativa e a minha tia Shirley me ligou de forma IMPERATIVA: “você vai operar amanhã e não tem discussão!!!”

Nem preciso dizer o quanto eu fiquei emocionado e tocado pela atitude de todos e ontem (28/01) eu operei e foi tudo bem. Tive alta hoje pela manhã, e devo voltar no hospital entre 7 e 10 dias para retirada do cateter, para enfim, voltar a vida normal!

Depois de tudo que eu passei nesses 20 dias, e tudo que eu vi, a coisa mais importante que vai me acompanhar pra sempre, é o carinho da minha família, que mesmo à distância, fez de TUDO para enxugar as minhas lágrimas e sarar a minha dor!

Obrigado família!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email